Brincar com Riscas

Riscas? Sim porque a vizinha tem e gosto!

Quando vemos em algum local a aplicação de riscas num espaço e queremos “importar” para nossa casa o que vimos, devemos antes de mais, pensar o que nos trará a aplicação das riscas no local pretendido. O resultado pode não ser o desejado e em alguns casos, elas devem mesmo ser evitadas. Devemos ter consciência do seu poder visual na leitura do espaço e só quando necessário, as utilizar.

Aqui vão algumas dicas a ter em atenção.

O efeito visual no espaço das riscas vai depender da sua orientação cor e intensidade. De uma forma simples, podemos dizer que as riscas horizontais aumentam visualmente a dimensão da superfície onde estão aplicadas, ou seja, aplicadas numa parede no sentido vertical dão a sensação de uma altura maior, caso sejam horizontais, ampliam o espaço mas dão a ilusão de um espaço mais baixo. Em relação a cor, quanto maior foi a sua intensidade maior é o efeito obtido.

Encontramos no mercado muitos papéis de parede com riscas diversas. Eles são uma ótima opção quando o espaço em si, precisa de alguns ajustes do ponto de vista dimensional. Ou seja, quando a altura é menor que a desejada a utilização de linhas vertical cria a sensação de altura. Em contrário as linhas horizontais alongam o espaço.

Para além do acima referido, as riscas constituem ainda um indicador de um ambiente estruturado, podendo ser uma boa opção no caso em que se pretenda incutir uma postura menos agitada e mais regrada.

Artigos recentes

Comentários recentes

    Arquivo

    Categorias

    Meta

    Recent Works